Pertussis em adultos mais velhos: Um estudo prospectivo dos fatores de risco e morbidade.
Recomendaçao oficial da ACIP em relaçăo ŕ vacina contra coqueluche e gravidez.
10 de dezembro de 2012
Surto de Gripe nova no hemisfério Norte
18 de janeiro de 2013

Lui BC et al. Pertussis in older adults: prospective study of risk factors and morbidity. Clinical Infectious Diseases Advance Access published July 26, 2012.

RESUMO

Justificativa: há poucas informações sobre a incidência, morbidade e fatores de risco para pertussis em adultos, especialmente aqueles com mais de 65 anos.

Métodos: estudo coorte prospectivo de base populacional de 263.094 adultos com mais de 45 anos (média de 62,8 anos) recrutados no estado australiano de Nova Gales do Sul (o Estudo 45 e Mais), entre 2006-2008, seguido pelo registro de ligação para notificações de pertussis confirmadas por laboratório, hospitalizações e registros de morte. A incidência de notificações de hospitalizações por pertussis e o risco relativo (RR) de pertussis, de acordo com as características dos participantes, foram estimados, utilizando diversos modelos de risco proporcionais.

Resultados: de um total de 217.524 pessoas-ano, 205 adultos tiveram pertussis e 12 foram hospitalizados; taxa de incidência de 94 (IC 95% 82-108) e 5,5 (95% IC 3,1-9,7) por 100.000 pessoas-ano, respectivamente. A incidência de uma notificação de pertussis não diferiu pela idade, mas as taxas de hospitalização progressivamente aumentaram (2,2, 8,5 e 13,5 por 100.000 pessoas-ano nos grupos etários 45-64, 65-74 e ≥75 anos, respectivamente ptrend = 0,01). Após o ajuste para idade, sexo e outros fatores, os adultos com um elevado índice de massa corporal (RR=1,52, 95% IC 1,06-2,19 para IMC 30kg/m2+ versus IMC <25kg/m2) e com asma pré-existente (RR=1,64, 95% IC 1,06-2,55 em comparação com aqueles sem asma) eram mais propensos a terem a doença.

Conclusões: adultos com mais de 65 anos são mais propensos a serem hospitalizados por pertussis do que aqueles com idade entre 45 e 64 anos. Obesidade e asma pré-existente foram associados a uma maior probabilidade de contrair pertussis. Estes resultados apoiam que adultos com estas características tenham uma maior prioridade para vacinação contra pertussis.

Fonte:  Sanofi Pasteur – divisão de vacinas da Sanofi

Os comentários estão encerrados.